Michael Saylor affronta il ruolo nella grande scommessa

Michael Saylor affronta il ruolo nella grande scommessa di Tesla su Bitcoin

Michael Saylor affronta il ruolo nella grande scommessa di Tesla su Bitcoin, dice che Elon Musk sta scambiando denaro per l’asset con le migliori prestazioni sul mercato

Il CEO di MicroStrategy Michael Saylor sta affrontando Bitcoin System domande sul suo ruolo nella scommessa da un miliardo di dollari di Elon Musk su Bitcoin.

In una nuova intervista alla CNBC, Saylor dice che non gli è permesso divulgare ciò che sa sulla decisione di Tesla di aggiungere Bitcoin alla sua tesoreria aziendale.

„Ci sono regole di business riguardanti il modo in cui i funzionari delle società pubbliche sono autorizzati a comunicare al pubblico. Quindi sono limitato in quello che posso dire, ma sapete quello che abbiamo detto su Twitter e sapete quello che ho detto per tutto il tempo, cioè che è una grande idea“.

Musk ha inviato onde d’urto in tutto il criptoverso ieri dopo aver annunciato che il produttore di veicoli elettrici Tesla ha acquistato 1,5 miliardi di dollari di BTC.

Musk e Saylor hanno avuto uno scambio pubblico su Twitter nel mese di dicembre su BTC, con il CEO di MicroStrategy che si è offerto di „condividere il suo playbook“ offline.

Sono possibili transazioni così grandi?

– Elon Musk (@elonmusk) 20 dicembre 2020

Alla domanda sul rischio che la volatilità del Bitcoin presenta per le imprese, Saylor dice che le aziende dovrebbero guardare le prestazioni a lungo termine del principale asset cripto contro il dollaro USA.

„Le aziende che stanno convertendo i loro dollari in Bitcoin stanno prendendo un asset non performante, e lo stanno trasformando nell’asset più performante. Bitcoin si sta apprezzando a qualcosa come il 230% anno dopo anno dopo anno per un decennio, e quindi questo fa parte della trasformazione digitale che sta prendendo un bene monetario analogico e lo sta convertendo in un bene digitale, e in definitiva nel lungo termine, questo sarà un bene per il business …

Se si prende la prospettiva a lungo termine per un decennio, si avrà o una perdita stabile del 75% del valore dell’azionista se si tiene il denaro in contanti, o si avrà un apprezzamento volatile che potrebbe benissimo raddoppiare ogni sei mesi. Preferisco avere un apprezzamento volatile al 200% all’anno che un deprezzamento stabile al ritmo del 15-20% all’anno“.

Coinbase, Gemini e outros unem forças para combater

Coinbase, Gemini e outros unem forças para combater o tráfico de pessoas

As principais trocas estão rastreando transações criptográficas suspeitas para combater o tráfico de pessoas

As trocas de moedas Cryptocurrency Coinbase, Paxful, Gemini e BitFinex aderiram ao Consórcio Anti-Tráfico Humano Cryptocurrency, ou ATCC. Lançado em abril de 2020 pela Iniciativa de Inteligência Anti-Tráfico Humano, o consórcio é uma entidade sem fins lucrativos focada no compartilhamento de informações, melhores práticas e desenvolvimento de ferramentas para combater o tráfico. O ATCC reúne intercâmbios Bitcoin Pro criptográficos, empresas de inteligência em cadeia de bloqueio e aplicação da lei para combater o tráfico de pessoas e material de abuso sexual infantil, também conhecido como CSAM.

Aaron Kahler, presidente e fundador da Iniciativa de Inteligência Anti-Tráfico Humano, disse à Cointelegraph que a liderança de pensamento e o compartilhamento de informações dentro do espaço criptográfico são vitais para a conscientização da responsabilidade social corporativa antitráfico humano:

„Estamos posicionando as organizações para desempenhar um papel ativo na prevenção, detecção e comunicação do tráfico de pessoas e da exploração infantil“. A Iniciativa de Inteligência Anti-Tráfico Humano e a ATCC estão desenvolvendo programas abrangentes, treinamento, dados e ferramentas para combater o problema“.

As trocas criptográficas estão monitorando as transações

Especificamente falando, os quatro intercâmbios que são membros do ATCC estarão monitorando as transações criptográficas para detectar características associadas ao tráfico de pessoas. Estas informações serão então compartilhadas entre todos os membros do ATCC, bem como entre as empresas de inteligência, membros consultivos e oficiais da lei para ajudar a combater atividades ilícitas.

Lana Schwartzman, diretora de conformidade da Paxful – uma bolsa de intercâmbio ponto a ponto – disse à Cointelegraph que ela está trabalhando pessoalmente em uma iniciativa de palavras-chave para a Paxful que inclui termos específicos associados ao tráfico de pessoas e à exploração infantil:

„Acredito que isto fará mais mossa com a participação do consórcio“. As palavras-chave narrativas se aplicam em toda parte – não importa se elas vêm de uma troca entre pares ou de uma troca criptográfica regular. As palavras-chaves são abrangentes para a indústria e devem ser monitoradas em todos os sistemas“.

A iniciativa de palavras-chave da Paxful espelha as melhores práticas implementadas por instituições financeiras tradicionais que participam de programas anti-tráfico. Schwartzman observou que a Paxful e as outras bolsas têm uma vantagem única quando se trata de monitorar transações, devido à transparência associada à moeda criptográfica:

„Você não tem isto no fiat tradicional“. Espero que qualquer ator ruim em potencial tenha a idéia de que você não pode usar a criptografia para o tráfico de pessoas e outras atividades ilícitas. Nós sabemos quem você é, vemos suas transações e o denunciaremos às autoridades“.

Echoing Schwartzman, John Kothanek, diretor sênior de inteligência global da Coinbase – uma casa de câmbio digital com sede em São Francisco – disse à Cointelegraph que não importa o quão proficientes tecnologicamente os maus atores possam ser, pessoas motivadas e determinadas na aplicação da lei e na indústria privada acabarão por encontrá-los. Kothanek mencionou que a Coinbase apoia consórcios como o ATCC, observando que os esforços da iniciativa se alinham com o espírito da Coinbase de remover maus atores da economia criptográfica:

„A Coinbase está envolvida com outros grupos cujos objetivos são identificar fluxos ilícitos de dinheiro criminoso não apenas do tráfico humano, mas também de resgates, vendas de fentanil e lavagem de dinheiro“.

A criptografia é limpa, mas pode ser mais limpa

Kothanek expressou ainda que, ao contrário dos equívocos populares, o cripto é, de modo geral, um negócio limpo. No entanto, ele está bem ciente de que os maus atores existem de fato. Para colocar isto em perspectiva, Chainalysis, membro da ATCC, uma empresa de inteligência em cadeia de bloqueio, publicou um post no blog em abril deste ano para demonstrar o impacto que as transações criptográficas têm sobre o tráfico humano.